sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Cidadão tem o Direito de Saber.


Controladoria Geral da União
Cartilha Olho Vivo

Algumas coisas interessantes que o Estado não cumpre e que teriam de nos informar:

- Uma das obrigações da prefeitura é informar a população de seus gastos..

É dever da prefeitura:
• Informar população, com clareza, como gasta o dinheiro.
• Prestar contas à população.
• Quando começar a discutir o orçamento, convocar a população para
audiências públicas.
Não são favores, é lei.
                                                             Você sabia?
A prefeitura deve incentivar a participação popular na discussão de planos e orçamentos. Suas contas devem ficar disponíveis para qualquer cidadão.
                    (Lei de Responsabilidade Fiscal, art. 48 e 49)

OLHO VIVO
– O orçamento é a lei na qual os governos (municipal, estadual ou federal) deixam claro o que pretendem fazer com o dinheiro público. Nos municípios, essa lei é votada uma vez por ano na câmara municipal. Esse é um bom momento para participar. Em muitas cidades do Brasil, a população participa ativamente do processo do orçamento. Nessas cidades, os moradores decidem como será utilizado o dinheiro da prefeitura e acompanham de perto os gastos.


Esta tudo nesta cartilha!

Cartilha Olho Vivo no Dinheiro Público!!

Cartilha Olho Vivo no Dinheiro Público
        Um guia para o cidadão garantir os seus direitos - Segunda edição

 Veja aqui --->  Cartilha Olho Vivo 

Por que os cigarros têm Sabores e Embalegens coloridas?


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Ficha Limpa - Consulte Aqui!

O QUE É FICHA LIMPA
Foi elaborado um Projeto de Lei de Iniciativa Popular sobre a vida pregressa dos candidatos com o objetivo de tornar mais rígidos os critérios de quem não pode se candidatar - critérios de inelegibilidades. Assim, o objetivo do Projeto de Lei de iniciativa popular era alterar a Lei Complementar nº 64, de 18 de maio de 1990, já existente, chamada Lei das Inelegibilidades.
 
- Consulte a lista dos Políticos com processos que tramitam na Justiça com contas irregulares.




sábado, 22 de setembro de 2012

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Eu Voto Distrital. Saiba como.

O voto distrital, ao dar poder ao eleitor para fiscalizar e cobrar o desempenho de seus representantes, contribuirá para melhorar o Poder Legislativo, o que elevará a qualidade da nossa democracia. Abracemos essa ideia e façamos chegar a nossa vontade ao Poder Legislativo, que, em boa hora, mostra-se disposto a fazer a reforma política.

Participe você também!
http://www.euvotodistrital.org.br/assine/

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Isso que se chama vontade política. Onde estava esta grana?

Do ponto de vista econômico, tudo indica que não. Segundo os cálculos preliminares da CBF, o Brasil vai precisar gastar R$ 11 bilhões para se preparar para a Copa de 2014. Tomando por base só essa despesa, sediar o torneio parece uma fria - afinal, daria para turbinar áreas como saúde, habitação e educação (e ainda movimentar a economia) se não fosse preciso gastar uma grana modernizando estádios, por exemplo. Abaixo a estimativa de gastos para o torneio.

R$ 8,5 bi
ONDE Infra-estrutura.
QUEM GASTA Governo.
Grana para a infra-estrutura das cidades-sede. Segundo a Fifa, 4 candidatas precisam aumentar seu aeroporto e 6 não têm transporte público estruturado para receber adequadamente os jogos.
R$ 2 bi
ONDE Reforma e construção de estádios.
QUEM GASTA Iniciativa privada.
A aposta é que os governos locais busquem capital privado para fazer decolar os projetos. Em troca, os empresários teriam o direito de administrar os estádios por no mínimo 20 anos, para, em tese, obter lucro.
R$ 700 mi
ONDE Instalações oficiais.
QUEM GASTA Fifa.
Este é o único dinheiro garantido. A Fifa afirma que ela mesma vai bancar a construção de estruturas de apoio para os jogos, da sede do comitê organizador, dos centros de mídia e das centrais de segurança.
Aqui, imaginamos um plano alternativo para aplicar a grana.
R$ 2,1 bi
ONDE Expansão do saneamento.
PARA Levar água tratada a 2,2 milhões de casas e coleta de lixo a 2,1 milhões - cerca de 20% do déficit de saneamento.
R$ 2,8 bi
ONDE Crédito para casas populares.
PARA Financiar a construção ou compra de 480 mil casas populares - 6% do déficit habitacional.
R$ 2,8 bi
ONDE Universalização da eletricidade.
PARA Levar luz a 1,6 milhão de pessoas no campo - 13% da população sem acesso à energia.
R$ 1,4 bi
ONDE Combate ao analfabetismo.
PARA Ensinar 600 mil jovens e adultos a ler e escrever - o que representa 4% a menos de analfabetos no país.
R$ 1,4 bi
ONDE Bolsa Família.
PARA Custear o programa por um ano para 1,8 milhão de famílias, que receberiam um auxílio mensal de R$ 62.
R$ 700 mi
ONDE Saúde da Família.
PARA Levar o programa Saúde da Família a mais 2 milhões de pessoas - superaria a população de Curitiba ou Recife.
*Fontes: Orçamento Copa 2014 (conversão a partir do valor estimado em dólares), CBF, Fifa. Orçamento alternativo: números recentes dos ministérios do governo federal, IBGE, site Contas Abertas, Agência Brasil, FGV.

Prestem Atenção neste fato!

Em Rede Nacional no dia 07 de Setembro, a nossa Presidenta dirigindo a nação nos informou como notícia de primeira mão que a partir do ano que vem (2013) a tarifa da energia elétrica iria baixar para os brasileiro, e foi dito de forma eleitoreira, pois informaram que aguardaram esta data comemorativa para darem esta boa notícia.

Prestem Atenção neste fato.
Conta de Luz dos Consumidores brasileiros cobrados indevidamente.
Um montante de R$ 7 bilhões cobrados indevidamente na conta de luz dos consumidores brasileiros entre 2002 e 2009. Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), o brasileiro pagou o que não foi justo e, por conta do erro no cálculo de reajuste das tarifas de energia elétrica, todos que pagaram a mais deverão ser ressarcidos. Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) disse que a falha já foi comprovada e assumida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

Já começaram as cobranças na justiça:
http://www.ribeiraopires.sp.gov.br/justica/noticiasView.php?ID=6

Você concorda que tem algo errado?

Não se pode ajudar.

Perguntas que irritam os professores

A saúde no Brasil esta doente.

Placas com dizeres engraçados espalhadas pelo nosso Brasil

click com mouse na foto e veja de forma ampliada.

Placas com dizeres engraçados espalhadas pelo nosso Brasil

click com mouse na foto e veja de forma ampliada.

Placas com dizeres engraçados espalhadas pelo nosso Brasil

click com mouse na foto e veja de forma ampliada.

Placas com dizeres engraçados espalhadas pelo nosso Brasil

click com mouse na foto e veja de forma ampliada.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

ABALROAMENTO EM MOTO NÃO É COLISÃO É ATROPELAMENTO


Utilidade Pública - Blogger Cezar Laino

                                      
Aviso das Seguradoras
- Todas as vezes que os senhores se envolverem em acidente de trânsito, cujo terceiro seja um motoqueiro, façam o Boletim de Ocorrência - BO, independentemente de serem culpados ou não. Têm ocorrido fatos em que o motoqueiro é o culpado e tenta fazer um acordo no local, diz que está bem e não quer socorro médico. Só que, depois, ele vai a um distrito policial, registra o BO independentemente  e alega que o veículo fugiu do local sem prestar socorro, cobrando, na justiça, dias parados, conserto da moto, etc. Na maioria dos casos, as testemunhas do motoqueiro são outros motoqueiros. Isto é um fato, pois está ocorrendo com muita freqüência. Portanto, não caia na conversa do motoqueiro, que diz não ter acontecido nada.

Boliche

Prefeito Cesar Maia em seu Gabinete.

Grupo de Obreiros

República Federativa Flamengo - Brasil

Este é o meu Rio de Janeiro